Nº 1

diretriz de smart green building

30

principais estratégias práticas, inteligentes e ecológicas

Finalista

Prêmios RICS de 2020 — Equipe de Pesquisa do Ano

Visualizando no momento

O desafio

O movimento para criar espaços mais inteligentes, ecológicos e resilientes está ganhando força em todo o mundo. Com alta densidade demográfica, Hong Kong tem encontrado um desafio para acompanhar a demanda. Os edifícios antigos da cidade, juntamente a uma população em crescimento, têm causado impactos negativos no meio ambiente e na qualidade de vida das pessoas. Assim sendo, tornou-se evidente que os edifícios da cidade precisam ser melhorados para atender às constantes necessidades das pessoas.

Isso levou o Conselho de Green Building de Hong Kong a buscar a ajuda da Arcadis para o desenvolvimento de um Guia de Green Building. Este guia tem o objetivo de fornecer estratégias e etapas práticas no desenvolvimento de edifícios ecológicos e inteligentes, que moldarão o futuro dos empreendimentos de Hong Kong.

A solução

A Arcadis fez, em conjunto com stakeholders, uma análise abrangente de pesquisa e benchmark, a fim de encontrar as melhores soluções que irão orientar a transformação de Hong Kong. Como resultado, foi-se capaz de identificar e compilar em um guia 30 estratégias inovadoras, inteligentes e ecológicas, que podem ser aplicadas durante todo o ciclo de vida do edifício. Essas estratégias podem melhorar a confiabilidade e o desempenho dos edifícios, bem como reduzir a pegada de carbono e automatizar processos, tudo com o uso de sensores, acionadores e microchips. 

As necessidades dos usuários finais continuarão a mudar ao longo do tempo. Com a ajuda de tecnologias como a machine learning, os desenvolvedores podem implantar otimizações orientadas por dados, que melhorarão o desempenho de um edifício de acordo com as necessidades dos usuários. Ao implantar novas tecnologias, é preciso considerar as interferências nos ativos e usuários de um edifício existente. As atualizações e instalações em uma infraestrutura já existente e em processos operacionais exigirão grandes trabalhos de integração. Isso envolverá profissionais de TI que trabalham com controles de construção com os quais talvez não estejam familiarizados. Os altos níveis de interferências podem levar à resistência à mudança, de modo que as otimizações devem ir além da simples adoção de novos softwares. Há uma necessidade de gerenciar o envolvimento do usuário, processos atuais e cultura existente.

O impacto

A otimização de edifícios não se trata apenas de identificar a tecnologia inteligente certa ou de garantir que a solução beneficiará os usuários finais. É preciso que seja implementado com sucesso em todo o ciclo de vida do edifício, desde o planejamento até a entrega e operação. O que torna esse projeto tão único é que o guia que produzimos será o primeiro desse tipo na região. Nesse guia há mais de 30 estratégias para criar edifícios ecológicos, inteligentes e sustentáveis em Hong Kong, que atendem às constantes necessidades de sua população. O guia também será fundamental para acelerar a indústria da construção em Hong Kong e alcançar a visão de desenvolvimento inteligente e sustentável.

Clique aqui para fazer o download do Guia do Projeto Smart Green Building de Hong Kong


Recursos usados

Gostaria de ler mais?
Isto também pode ser interessante para você

Conecte-se com {name} para mais informações & perguntas

A Arcadis usará seu nome e endereço de e-mail apenas para responder à sua pergunta. Mais informações podem ser encontradas em nossa Política de Privacidade.